Review Samsung Galaxy S8 | Parte I

Nada parece segurar a Samsung, que independente dos explosivos problemas passados, assumiu seus erros e foi além, aprendeu com eles. A empresa simplesmente deu a volta por cima e a prova disso chegou ao Brasil no primeiro semestre, dois novos lançamentos tops da linha Galaxy que se tornaram sucessos instantâneos, mesmo antes de chegar às lojas, mostrando não somente que os problemas foram superados, e que a marca não está desgasta por conta disso, mas como aparentemente está mais forte.

Dois modelos estão disponíveis no mercado nacional, os Galaxy S8 e Galaxy S8+, com telas de 5,8 polegadas e 6,2 polegadas. Tivemos a oportunidade de testar o Galaxy S8 e o resultado você confere agora.

ti-classificacao.png
ti-pontos-positivos.png


Design

Uma coisa é fato inegável, o Galaxy S8 é um aparelho bonito, muito bonito. Isso é confirmado tanto quando pegamos o smartphone na mão, quanto por praticamente todos que o veem. Poucos foram os que não se impressionaram ao ver ao vivo e em mãos o top de linha. 

1design1.jpg

A Samsung vem se consolidando a cada ano na execução de design elegantes e belos para o seus aparelhos, sendo que o Galaxy S8 leva isso a um novo patamar. O Display Infinito do Galaxy S8 tem proporção de 18.5:9. Não há borda frontal e mal podemos dizer que há bordas frontais, deixando o visual do aparelho totalmente curvo, o que causa uma agradável sensação, tanto aos olhos quanto no manuseio do produto. É sem dúvida um smartphone gostoso de segurar e usar.

2design.jpg

Isso sem falar da traseira de vidro e do corpo de metal, um acabamento de primeira, digno de um smartphone premium. Assim como nas versões anteriores, o Galaxy S8 é resistente à água e à poeira, possuindo a certificação IP68.

2design1.jpg

Mas nem tudo é perfeito, e o leitor de impressões digitais está muito mal posicionado ao lado da câmera traseira do aparelho, o que acaba comprometendo seu funcionando eficaz. Foram várias às vezes que confundimos a lente da câmera com o sensor, e mesmo depois de se acostumar com a posição correta do leitor, o mesmo não funciona sempre de primeira, pois provavelmente errávamos a posição do dedo.

A frontal do aparelho talvez fosse um lugar melhor para o leitor, o que facilitaria até mesmo o desbloqueio quando o mesmo está numa mesa, por exemplo, mas um dos objetivos era otimizar o espaço da tela, tanto que até o tradicional botão físico foi removido, dando espaço a botões virtuais.

Nos diversos testes realizados, pudemos confirmar que o problema não é a precisão do sensor de identificação de digital, que funciona perfeitamente, afinal, no geral, os sensores de biometria estão cada vez melhores, mas o posicionamento é realmente o problema.

Porém o problema pode ser contornado através do uso do sensor de reconhecimento de íris, que assim como o de digitais, pode ser utilizado na segurança de aplicativos, pastas e arquivos, além do próprio desbloqueio do smartphone. Este sim, na frontal do aparelho, ao lado da câmera secundária, funciona de forma impressionante.

Foram poucas, muito poucas, às vezes que o desbloqueio não ocorreu, mas certamente, com base no que relatamos acima, o funcionamento foi melhor do que o reconhecimento de digitais, que acaba ficando em segundo plano, sendo bem menos utilizado. Até mesmo em ambientes totalmente escuros tivemos sucesso no desbloqueio do aparelho através do reconhecimento de íris.

3design.jpg

Disponível nas cores Preta, Prata, Dourada e Ametista, esta última a que recebemos para testes, o Galaxy S8 é um aparelho compacto, com uma pegada excelente, que se encaixa com perfeição nas mãos. Mesmo com uma tela de 5,8 polegadas, são apenas 148,9 x 68,1 x 8 mm de dimensões, graças a proporção 5:9 adotada, que garante uma tela maior num tamanho menor. Além disso temos 155 gramas de peso, ou seja, também é muito leve. 

4design.jpg

O visual geral do produto é bem clean. Não há botões físicos na frontal do aparelho, composta apenas da tela, saída de áudio, sensor infravermelho para reconhecimento de íris, sensores de proximidade e de luz e câmera frontal.

5design.jpg

Na lateral direita temos apenas o botão de energia, enquanto na esquerda estão o botão volume e o botão dedicado para acionar o assistente pessoal Bixby.

Na parte inferior do aparelho temos o alto falante, microfone, entrada USB-C e entrada para fone de ouvido padrão P2, enquanto na parte superior está localizado o compartimento Dual SIM Híbrido, o que significa que é possível o uso de dois nano SIM ou um nano SIM e um cartão microSD.

 

Tela

Já falamos sobre o design da tela e a otimização alcançada pela Samsung através do uso da proporção 5:9. Vamos agora nos aprofundar, falando, por exemplo, da tecnologia adotada no display. Não é de hoje que a Samsung investe na Super AMOLED como padrão em seus tops de linha, sendo que com o Galaxy S8 não é diferente. Neste caso temos o que a marca chama de Dual Edge Super AMOLED, que incorporada a famosa tecnologia Edge, que permite acrescentar funcionalidades extras às bordas arredondadas na mesma.

9tela.png

Nos aprofundando mais ainda, vamos falar sobre resolução e qualidade. Pra começar a parte teórica/técnica. A tela possui uma incrível resolução Quad HD+ de 2960 x 1440. Alguns podem achar tudo isso um exagero desnecessário, que pode inclusive afetar o consumo da bateria. Pois bem, para estes a Samsung resolveu dar um poder extra, que permite ajustar a resolução à gosto do freguês. Ou seja, é possível escolher entre a resolução máxima, ou uma resolução Full HD+ de 2220 x 1080 ou mesmo mais baixa, HD+ de 1480 x 720.

10tela.png

A qualidade numa resolução média Full HD+ é muito boa para uso geral, mas não dá pra negar que a qualidade aumenta substancialmente na qualidade QHD+. Cores, nitidez, tudo fica mais palpável e impressionante. 

11tela.png

Mas o ajuste de resolução não é o único possível. Há a possibilidade de ativar um Filtro de luz azul, que tem como proposta reduzir o esforço ocular, limitando a quantidade de luz azul emitida pela tela. 

12tela.png

Também há modos de exibição, que permite personalizar a gama de cores, saturação e nitidez, de acordo com perfis pré-determinados, como Cinema AMOLED, Foto AMOLED ou Básico, além de ser possível ajustar o Balanço de Cor da Tela.

13tela.png

Com uma tela com proporção 5:9, alguns problemas de compatibilidade podem acontecer com alguns aplicativos. Por isso é possível escolher quais aplicativos serão usados na proporção de tela cheia. Se algum aplicativo tiver problema de adaptação no modo tela cheia, basta desativa-lo. Caso queira voltar atrás, será possível fazer diretamente no próprio aplicativo, que exibirá uma pequena faixa inferior dizendo: Toque aqui para preencher a tela inteira.

 

Câmera

Não é de hoje que a Samsung tem entregado boa qualidade na captação de imagens, fotografia e vídeo. A cada lançamento high-end o nível vem subindo, tanto em qualidade quanto em usabilidade. Por isso não é nenhuma surpresa uma qualidade incrível de fotografia no Galaxy S8, com sua câmera principal Dual Pixel de 12.0 MP e abertura f/1.7.

13camera.png

Um dos recursos que podem ser configurados, por exemplo, é o acionamento rápido através do botão de energia. Basta apertar rapidamente o botão duas vezes para que a câmera seja iniciada rapidamente, mesmo com a tela bloqueada. 

Agora, como quando se trata de fotografia, o melhor é ver do que só falar, segue abaixo alguns exemplos de fotografias tiradas com o Galaxy S8, seguidas de rápidos comentários a respeito das mesmas, explicando um pouco das condições, iluminação, modos e recursos utilizados. 

13camera1.jpg
20170922-174145.jpg

Uma foto de fim de dia. No automático é possível escolher através do ponto de foco, onde iluminar ou não. Neste caso, optei por deixar a piscina com boa iluminação, o que estourou um pouco nos céus, principalmente nas nuvens, mas é tudo questão de fotometria.


 

20170921-153225.jpg

Com esta foto podemos ver o resultado do zoom digital (até 8x), que como é de se esperar, deixa a foto com ruídos e bem pixelada. Mas nada que atrapalhe o seu compartilhamento em redes sociais.


20170923-123803-025.jpg
20170923-131201-076.jpg

Nessas imagens podemos ver a competência do Galaxy S8 em registrar movimentos, congelando o assunto sem borrar. É possível ver nos cabelos e nas gotas d’água nos pés como estão totalmente em foco. Claro que às vezes um certo desfoque pontual pode criar um efeito legal, deixando o efeito de movimento, o que pode ser alcançado no modo manual.


20170923-124307.jpg

O clássico modo panorama também está presente no Galaxy S8.


20170924-090144.jpg
20170924-090155.jpg
20170924-131702.jpg

Exemplos de fotografia com foco seletivo, que permite alterar a profundidade de campo não apenas na hora de tirar a foto, mas mesmo depois da foto tirada.

 

20170925-140802.jpg
20170925-140805.jpg

Com o foco seletivo é possível focar o primeiro plano, o segundo plano ou deixar ambos focados.

 

20170925-140807.jpg
20170927-151752.jpg
20170927-163901.jpg
20171001-150457.jpg
20171001-150755.jpg

Durante o dia, sob o sol, excelente condição de iluminação para fotografia que resulta em excelente qualidade.


20170927-194229.jpg
20170927-194241.jpg

Tirar fotos boas durante um dia de sol é relativamente fácil hoje em dia. O que pega mesmo é fotografia noturna, mas as fotos acima mostram que isso não é um problema para a câmera do Galaxy S8, que conta com uma lente f/1.7, o que significa mais luz entrando durante a captura.

 

A câmera do Galaxy S8 conta ainda com vários recursos interessantes, como o Modo Profissional, que permite ajustes de ISO, velocidade de obturador, valor de exposição, tom de cor, foco manual e WB (balanço de branco). Há ainda um Modo Comida, que basicamente habilita configurações de macrofotografia e utiliza o recurso do foco seletivo para proporcionar boas fotografias gastronômicas.

Outros recursos são o Modo Movimento Lento, Intervalado e Foto Virtual, que basicamente criam GIFs e ou vídeos com efeitos interessantes.

 

Já a câmera frontal possui um sensor CMOS de 8.0 MP e abertura de 1.7. Além da excelente qualidade, há também alguns modos e recursos, como a Selfie Panorâmica, que permite enquadrar mais coisas girando o smartphone em torno do assunto fotografado, além dos Modo Seletivo e o modo Foto Virtual. 

20170926-214551.jpg
20170926-214750.jpg

Há ainda o clássico modo de embelezamento, que permite ajustar tom de pele, destaque, correção de forma, dentre outras coisas, e também as etiquetas, uma forma de fazer uma graça nas fotos, já muito difundida em redes sociais, que acrescenta máscaras ou expressões nas fotos.

O Galaxy S8 ainda filma em resolução UHD 4K de 3840 x 2160 a 30 fps.

Confira alguns vídeos feitos com o Galaxy S8 clicando nos seguintes links: Vídeo 1, vídeo 2, vídeo 3 e vídeo 4


Armazenamento

O Galaxy S8 possui o mínimo de capacidade de armazenamento que podemos considerar como aceito num smartphone premium top de linha hoje em dia, 64 GB. A versão S8+ possui uma opção com 128 GB, mas quem quiser aumentar a capacidade pode contar com o suporte a cartão microSD de até 256 GB.

14armazenamento.png

A Samsung caprichou nos mais diversos recursos embarcados no seu top de linha, incluindo funcionalidades de gestão e performance. É o caso do gerenciador de dados, que calcula e libera espaço de armazenamento excluindo dados desnecessários, como arquivos em cache, residuais e de anúncios.

_____________________________________________________________________________________________________

ler-parte-iic.jpg

_____________________________________________________________________________________________________