iOS 12 – Confira todas as novidades do sistema apresentadas pela Apple na WWDC 2018

A Apple realizou ontem (04) a sua conferência para desenvolvedores, a WWDC 2018, e antes que a dúvida surja, nenhum novo hardware foi anunciado pela companhia durante o evento, então nada de novo iPhone SE 2, como foi especulado há um tempo atrás, novos Macs ou um novo HomePod – isso talvez fique para setembro.

A empresa focou realmente no que importa aos desenvolvedores: novidades relacionadas aos sistemas operacionais da empresa. Novos recursos, novas formas de interação, reformulações e pequenas mudanças em algumas interfaces, enfim, abordou todas as principais novidades para o iOS, macOS, watchOS e AppleTV. A seguir você pode conferir as novidades mais importantes sobre o novo iOS 12.

Performance e Compatibilidade

compatibilidade.png


A Apple iniciou a conferência falando sobre o novo iOS 12. A nova versão do sistema operacional focará muito mais em performance e compatibilidade do que necessariamente em mudanças visuais. A Apple prometeu que o novo iOS será compatível com todos os dispositivos que já rodam a versão 11, e isso significa dispositivos tão antigos como o iPhone 5s, iPad Air e iPad Mini 2, lançados em 2013. 

performance.png


Essa compatibilidade, a maior já oferecida pela empresa, não será apenas “da boca pra fora”. A companhia anunciou que a nova versão trará melhorias na performance de todos os aparelhos, e utilizando um iPhone 6 Plus como referência, disse que atividades usuais como abrir um aplicativo, invocar o teclado em um conversa, ou deslizar na tela de bloqueio para tirar uma foto, estarão 40%, 50% e 70% mais rápidas, respectivamente, do que na versão atual do iOS.

Ou seja, chega de ficar com medo de atualizar o seu dispositivo antigo, agora ele ficará mais rápido do que antes.

Recursos de realidade aumentada

ar.png


Ao que parece, enquanto o Google está extremamente focado em desenvolver sistemas de inteligência artificial, a Apple mostra que um de seus grandes interesses é a realidade aumentada.

A companhia criou, em parceria com a Pixar, um novo formato de arquivo chamado ‘USDZ’, que será suportado pelos softwares da Adobe, e que irá facilitar aos desenvolvedores trabalhar com realidade aumentada. Em um breve exemplo trago pela companhia, supõe-se que o usuário esteja navegando pelo site da Fender, uma marca de guitarra, e que ao clicar na miniatura de uma das guitarras do site, a mesma se projete em tamanho real na tela do seu iDevice como se estivesse inserida no ambiente em que ele está. É uma inserção de objetos 3D no mundo real.

A companhia também anunciou um novo aplicativo, o Measure, que através do kit de realidade aumentada inserido no sistema e dos sensores embutidos nos iDevices, consegue medir vários tipos de objetos através da câmera do iPhone ou do iPad. Basta definir o segmento que deseja medir que o app lhe da a medida em tempo real. Bastante interessante para pessoas como eu que nunca lembram onde deixaram a régua ou a fita métrica, ou que simplesmente querem saber a altura de um prédio. Hahaha.

A empresa citou o ARKit 2, uma melhoria da versão anunciada ano passado, e que botou a Apple como líder do ramo no mercado, tendo em seu catálogo a maior plataforma de realidade aumentada do mundo. Agora através do recurso, será possível uma experiência compartilhada de realidade aumentada, isso é, através de dispositivos diferentes, até 4 usuários poderão visualizar os mesmos objetos 3D em tempo real sobre uma perspectiva diferente. A empresa desenvolveu um aplicativo para demonstrar o recurso e você pode conferir no vídeo (em inglês) abaixo.

App Fotos

photos.png


A Apple trouxe melhorias para o seu aplicativo de fotos, e agora, em uma tentativa de competir com o Google Fotos, permite a busca de imagens por diversos termos ou pessoas, e sugere, de forma inteligente e autônoma, que você compartilhe com seus amigos as fotos que você tirou dele ou com ele.

Além disso, a aplicação contará com uma nova aba chamada ‘For You’, que trará o já conhecido recurso de ‘Memórias’ e também outras sugestões automáticas, como a melhor foto de um determinado dia ou o melhor efeito para uma foto, por exemplo.

Siri

siri.png


A Siri, assim como aconteceu em todos anos desde que foi lançada, ficou mais inteligente, e apesar de ainda estar atrás da assistente pessoal do Google, ganhou recursos interessantes.

A assistente passará a contar com a possibilidade de configurar um tipo de macro através do novo aplicativo ‘Shortcuts’. Isso é, agora será possível falar apenas uma frase para que a assistente pessoal execute uma atividade ou uma sequência de tarefas.

Ou seja, caso o usuário configure previamente a frase “Estou indo para casa”, por exemplo, e a associe a uma sequência de tarefas, cada vez que a frase for dita a assistente, ela executará as tarefas pré-definidas, como tocar uma playlist específica, calcular a melhor rota para o destino, e enviar uma mensagem para alguém que está te esperando. Tudo de forma autônoma e podendo utilizar aplicativos de terceiros.

shortcuts.png


As frases e as tarefas a serem executadas poderão ser totalmente configuradas através do novo aplicativo, mas será possível também baixar diversas rotinas pré-definidas. Todas as suas rotinas, tanto as criadas quanto as baixadas, ficarão disponíveis na galeria do Shortcuts.

Não foi informada a disponibilidade do novo recurso para outras línguas, mas tendo em vista que esse recurso não depende totalmente da língua falada pelo usuário, acredito que o novo aplicativo será disponibilizado para todos os países o qual a Siri já é suportada, inclusive o Brasil. 

Modo não perturbe

donotdisturb.png


O modo não perturbe, já presente na versão atual do iOS, passou por diversas melhorias e agora possibilita que enquanto o usuário esteja dormindo, notificações não sejam exibidas na tela de bloqueio. Essa nova característica impede que o usuário acorde no meio da noite para olhar a hora, por exemplo, e acabe se distraindo e perdendo o sono por conta das notificações.

Também será possível programar para que o modo não perturbe fique ativo automaticamente quando chegar em uma localização, ou para que ele fique ativo apenas durante um período de tempo. Muito útil para pessoas que ligam o modo quando entram em uma reunião, por exemplo, e depois esquecem de reativa-lo, perdendo chamadas e notificações por tempo indeterminado.

Notificações

notificacoes-agrupadsa.png


Finalmente! Enfim a Apple anunciou o recurso de notificações agrupadas. O recurso, que já é visto há muito tempo no Android, chegará com o iOS 12 aos iDevices e permitirá que todas as suas notificações fiquem organizadas em grupos, esses, definidos por aplicativos, tópicos ou assuntos.

Será possível configurar para que as notificações de um determinado aplicativo sejam “silenciosas”, isso é, a notificação chegará apenas na central de notificações passando direto através da tela de bloqueio. Muito útil para evitar uma poluição visual na tela de bloqueio e dar atenção apenas ao que realmente importa.

Com a nova versão do sistema, o usuário também poderá receber sugestões de desligar as notificações de um aplicativo que não abre há muito tempo.

Tempo de tela

sumario-de-atividades.png


Indo adiante, a Apple trará um recurso semelhante ao visto recentemente no novo Android P, que permite que o usuário tenha um resumo completo da sua atividade semanal. No resumo será possível ver quantas vezes você pegou o seu iPhone ou iPad, por quanto tempo você o utilizou, quais são os aplicativos que mais usa e por quanto tempo os usa, e também a quantidade de notificações que cada aplicativo emitiu. Bem completo.

Ainda será possível combater o vício em alguns aplicativos, definindo um tempo limite diário de utilização, com notificações lembrando quando o tempo estiver perto do fim.

O controle parental também foi incrementado com a funcionalidade, e agora é possível limitar, através do dispositivo de controle, quanto tempo os seus filhos poderão passar em um aplicativo específico ou em uma categoria específica de apps, como jogos, por exemplo.

Animoji e Memoji

tongle.png


Os Animojis foram melhorados e agora apresentam, além das novas mascaras de fantasma, coala, tigre e T-Rex, a função de detecção de língua, ou seja, agora você pode mostrar a língua para o smartphone e os sensores irão capta-la colocando-a no emoji.

memoji.png


O iOS 12 também trará o recurso chamado Memoji, que permite ao usuário criar através de uma ferramenta extensa de edição, um animoji baseado em si próprio.

Vale ressaltar que o Animoji e o Memoji estarão presentes apenas nos iDevices com o recurso FaceID, o que corresponde na data atual, 05 de junho de 2018, apenas ao iPhone X.

FaceTime

facetime.png


Com o iOS 12 será possível fazer chamadas de vídeo no FaceTime com até 32 participantes simultâneos. Na interface, cada pessoa ficará flutuando em pequenos retângulos e terá sua imagem ampliada à medida que fala. Os integrantes poderão entrar ou sair da conversa assim que quiserem.

E para os usuários com grupos no iMessage, será possível migrar diretamente de uma conversa escrita para uma chamada de vídeo no FaceTime com os integrantes do grupo.

Outras novidades 

outrasnovidades.png


A Apple também trouxe algumas novidades para os aplicativos de Bolsa e também de Notícias, sendo esse último ainda não disponível no Brasil, agora o aplicativo de Bolsa trará notícias sobre o mercado de ações, mas ao que tudo indica, esse recurso não estará presente aqui no país.

A empresa também reformulou o aplicativo de Gravador de voz e anunciou que tanto ele, quanto o aplicativo Bolsa, agora estarão disponíveis para iPad. O que por algum motivo inexplicável não acontecia antes.

Novidades também foram anunciadas para o CarPlay. Agora será possível fazer a navegação utilizando aplicativos de terceiros, como Google Maps e Waze, ao contrário do que acontecia antes, quando só era possível utilizar o ainda terrível Apple Maps.

Disponibilidade

  • A primeira versão beta reservada apenas aos desenvolvedores pagantes foi liberada ontem;
  • Uma versão beta pública deve ser liberada no final de junho;
  • Finalmente em setembro devemos ter o iOS 12 junto ao lançamento dos novos iPhones.

Caso queira baixar o wallpaper do iOS 12 visto na apresentação, basta acessar esse link.


E você, o que achou das novidades do iOS 12?

Autor: Philipe Farias

 

Fonte: The Verge