De volta ao topo! Nokia integra o ranque das 10 maiores fabricantes de smartphones

Depois de ter sido vendida pela Microsoft em meados de 2016, a Nokia ganhou um novo sopro de vida ao ter os direitos de uso da marca comprados pela HMD Global Oy, empresa finlandesa que iniciou as suas atividades em 2016 e que atualmente utiliza fábricas da taiwanesa Foxconn para fabricar os seus aparelhos, que levam o icônico nome da Nokia.

Agora, dois anos depois de ter voltado a atividade, a Nokia volta aos holofotes do mercado e de acordo com uma pesquisa emitida pela Counterpoint Research, empresa especializada em pesquisas e levantamentos, a HMD Global teve um crescimento de 782% no último trimestre, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

O resultado coloca a companhia entre as 10 maiores empresas com participação de vendas no mercado global, com 4,2 milhões de aparelhos vendidos. Número que posiciona a HMD na frente de grandes empresas como a Sony, que nem mesmo foi citada, e a aproxima de grandes marcas consolidadas como Lenovo (incluindo a Motorola) e LG.

gsmarena-002.png
Imagem: Counterpoint Research

A empresa somou uma participação de 1% no mercado global, mas não pense que isso é pouco. As três primeiras colocadas, Samsung, Huawei e Apple, somaram 46% de participação quando somadas as vendas – apresentando crescimentos negativos ou baixos (com exceção da Huawei). Logo, esse crescimento absurdo da Nokia pode ser considerado extraordinário e pode ser atrelado a um fator maior do que apenas a força da marca.

A empresa tem projetado excelentes aparelhos, honrando a marca que foi uma das mais conhecidas e respeitadas quando o assunto era dispositivos móveis. Além disso, tem praticado preços extremamente competitivos e equipado os seus smartphones com Android One, entregando aos seus consumidores uma experiência fluída.  

No entanto, esse resultado apresenta apenas um dos períodos do ano e a Nokia ainda vai ter que aumentar muito a suas vendas se quiser aparecer entre as primeiras colocadas do rank.  

 

Autor: Philipe Farias

Fonte: Gsm Arena