Para assustar! Huawei Mate 20 vaza com novo processador e Android P

Assumindo que a Huawei não cancelou uma de suas linhas de aparelhos de mais sucesso, é possível acreditar que veremos o novo Mate 20 em breve, apesar de ainda não termos nenhuma informação concreta sobre a sua data de lançamento.  Com isso, a quantidade de rumores sobre o novo dispositivo tem aumentado consideravelmente nas últimas semanas, especulando sobre as suas especificações técnicas, variantes e características.

O novo aparelho, que será o sucessor direto do Mate 10, é aguardado com hardware e funções de um topo de linha, sendo o segundo smartphone da empresa chinesa a ser lançado nessa faixa de mercado esse ano – o primeiro foi o Huawei P20.

Agora, informações vindas diretamente do XDA, um fórum voltado para desenvolvedores, trazem novidades sobre o Mate 20 e com uma certa taxa de certeza. As informações sobre o dispositivo foram coletadas pelo usuário do fórum FunkyHuawei, que atualmente mantem um serviço voltado para smartphones da marca, e vêm diretamente de arquivos de firmware do novo aparelho.

article.jpg
Mate 10 versão especial Porsche - Imagem: Szabadsag

De acordo com o que foi visto, o Mate 20 contará com um processador melhor do que o presente no Huawei P20 Pro e ele será o ainda não anunciado HiSilicon Kirin 980, sendo o primeiro SoC do mercado a ser fabricando em um processo de 7nm.

Prometendo atingir uma frequência de 2,8 GHz com até 20% mais performance e 40% mais eficiência energética, se comparado a geração passada, o novo processador poderá anunciado no estande da Huawei na IFA 2018, que acontece do dia 31 de agosto ao dia 5 de setembro.

Ainda de acordo com o firmware, o novo topo de linha da Huawei poderá contar com um carregamento via indução, ou seja, sem fios. Com isso, é esperado que o smartphone venha com um painel traseiro feito em vidro – sendo que um design com um bloco único deste material não está fora de cogitação.

Aproveitando que estamos falando do carregamento, a companhia parece está focada em trazer a maior autonomia possível para seus clientes. O Mate 20 poderá contar com uma bateria de 4.200 mAh, sendo um verdadeiro campeão entre os seus concorrentes, tendo em vista que o Galaxy Note 9 é aguardado para esse início de agosto com 4.000 mAh.

huawei-mate-10-back-fing-99.jpg
Mate 10 Pro - Imagem: Digital Trends

Apesar de maiores informações sobre outras variantes do dispositivo não terem sido reveladas, o firmware obtido informava um Mate 20 com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. Será que teremos outras versões com ainda mais RAM e armazenamento?

E as novidades não param por aí, pois de acordo com o que foi visto o novo aparelho contará com uma tela AMOLED de 6,3 polegadas, sendo que a presença de um notch, assim como da entrada para fones de ouvido e um sensor biométrico embutido sob a tela ainda é incerta. Rumores passados especulam que a variante PRO poderá contar com um display OLED gigantesco de 6,9 polegadas.

Outro fato curioso notado pelo XDA foi a presença do ainda não anunciado Android P 9.0 rodando sob a EMUI 9.0, a interface proprietária da companhia chinesa. Isso nos leva a duas possibilidades diferentes, sendo a primeira que o novo smartphone sairá da caixa com o novo Android, indicando que o seu lançamento ocorrerá apenas depois do anúncio do Google, ou para a segunda, que o sistema chegará brevemente para os usuários do novo dispositivo, deixando a data de seu lançamento ainda em meio a névoa. 

mate10pro-4.jpg
Mate 10 Pro - Imagem: Arstechnica

O novo Mate 20 foi visto em 4 variações diferentes, sendo que a sua variante menos parruda, a Mate 20 Lite, foi vista em 6 variações. Baseado no que vimos anteriormente em outros smartphones da Huawei, alguns desses modelos serão exclusivos do mercado chinês, enquanto que outros, incluindo versões com suporte a um ou dois chips SIM, serão disponibilizados no mercado internacional – apesar de ainda não haver informações de quais países receberão o smartphone e quais serão os preços praticados pela companhia.


Autor: Philipe Farias