OnePlus supera Apple e Samsung e lidera vendas de topos de linha na Índia

Sendo o alvo de grandes empresas de tecnologia, o mercado indiano é um dos maiores do mundo e garante para algumas dessas companhias grande parte das suas rendas. Com estratégias de vendas cada vez mais competitivas, as fabricantes de smartphones lutam entre si para que seus aparelhos ocupem um papel protagonista no bolso da maioria dos usuários.

Uma pesquisa realizada pela Counterpoint, empresa que analisa diversos ramos de mercado, divulgou hoje (31) os resultados das vendas de smartphones premium na Índia no segundo trimestre do ano. De acordo com o estudo, a OnePlus foi pela primeira vez a campeã de vendas no país, deixando grandes concorrentes como Apple e Samsung para trás.

A companhia chinesa, que tem cerca de 1/3 da sua receita vinda do país asiático, fez um excelente trabalho de marketing na região e graças a uma combinação curiosa dos fatos, obteve participação de mercado entre os smartphones premium de cerca de 30% apenas com o OnePlus 6.

Durante o período, enquanto a empresa lançava o seu novo topo de linha por um preço inferior ao da concorrência, com recursos semelhantes, a Samsung enfrentava uma queda nas vendas do Galaxy S9, que foi uma verdadeira decepção para a companhia. Enquanto isso, a Apple encarava, e ainda encara, uma baixa demanda por seus aparelhos devido a sazonalidade, além de desafios quanto a precificação dos iPhones 8 e X devido ao aumento dos impostos.

1-2.png
Imagem: Reprodução / Counterpoint

Como pode ser visto no gráfico acima, a empresa de Cupertino encara a sua segunda queda na participação do mercado indiano, com algo em torno dos 15%, ficando abaixo da Samsumg, com um pouco mais de 30% e da OnePlus, que lidera com uma porcentagem em torno dos 40%. O gráfico compara os smartphones vendidos por preços acima das 30 mil rúpias indianas, algo por volta dos R$ 1.642 reais – sem impostos ou taxas.

Essa grande liderança da empresa chinesa parte da sua proposta de oferecer um aparelho de alto desempenho e tecnologia por um preço mais acessível, além do estabelecimento de estratégias agressivas de vendas.  

A OnePlus resolveu fazer uma “limpa de estoque” com o OnePlus 5T, preparando o mercado do país para a chegada do seu sucessor. Com isso, as vendas do smartphone alavancaram e garantiram uma participação de mercado de 10% a empresa apenas por conta desse aparelho. Contabilizando assim os 40% mostrados no ranque abaixo.

2.jpg
Imagem: Reprodução / Counterpoint

No entanto, ao que tange a venda dos aparelhos mais premium, as três empresas encaram uma diminuição das suas participações no mercado indiano, tendo em vista que no trimestre anterior ocupavam cerca de 95% de participação e agora ocupam “apenas” 88%. Isso pode ser dar ao fato da entrada de novos smartphones da mesma faixa no mercado, como o P20, da Huawei, o X21, da Vivo, e o V30 Plus da LG.

Autor: Philipe Farias

Fonte: Counter Point