Será possível? Xiaomi Pocophone F1 pode contar com processador de topo de linha e preço impressionante

Conhecida por trazer especificações técnicas de encher os olhos em seus aparelhos por um preço mais acessível, a Xiaomi é, em apenas 8 anos de existência, um grande sucesso mundial. A empresa detém dispositivos para todos os gostos e tem estendido ainda mais o seu raio de atuação através da criação de subsidiarias.

Uma delas é a POCOPHONE, que ainda não mostrou ao mercado para o que veio, mas teve o seu primeiro smartphone vazado recentemente através de órgãos do governo de Taiwan e dos Estados Unidos – talvez indicando a proximidade do lançamento. 

roland-twitter-leak.png
Imagem: Reprodução

Agora, novas informações sobre o aparelho vêm à tona graças a Roland Quandt, famoso por divulgar informações acertadas sobre novos dispositivos. De acordo com Quandt, o suposto Pocophone F1 trará um preço impressionante caso venha de fato com o Snapdragon 845, custando os seguintes valores.

  • 6 GB de memória RAM + 64 GB de armazenamento interno por 420 euros;
  • 6 GB de memória RAM + 128 GB de armazenamento interno por 460 euros.

As informações de preços foram obtidas através de listas que circulam no leste europeu e por contarem com códigos de barra EAN/UPC, não há razão, de acordo com Quandt, para duvidar da sua veracidade.

Caso os dados estejam corretos, os aparelhos custariam cerca de aproximadamente, em uma conversão direta e sem a aplicação de impostos e taxas, R$ 1.817 reais e R$ 1.990 reais, respectivamente. Um preço que pode ser considerado baixo e extremamente competitivo tendo em vista o hardware esperado para o smartphone.

Sob o codinome Beryllium, o Pocophone é aguardado com o citado Snapdragon 845, câmera traseira dupla, bateria de 4.000 mAh, 6 GB de memória RAM e variantes com 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno. Além disso, de acordo com fontes, Beryllium poderá contar com uma tela FullHD+ de 6 polegadas e estará disponível nas cores azul e cinza.

Autor: Philipe Farias