Sony apresenta sensor para smartphones com a maior resolução do mercado

Praticamente devastada em seu departamento de smartphones, mas tentando se recuperar a cada semestre com novos lançamentos, a Sony é uma verdadeira referência no mundo desses aparelhos quando o assunto é câmera.

Apesar das câmeras dos seus próprios dispositivos nem sempre entregarem a melhor experiência ao usuário ou não alcançarem grandes pontuações em testes como o DxO Mark, a empresa é uma das maiores, se não a maior, fabricante de sensores fotográficos para smartphones, com aparelhos das mais diversas marcas contando com seus sensores.

Buscando se manter no topo, a empresa apresentou o seu mais recente lançamento, o sensor CMOS IMX586, que promete um salto na qualidade da imagem graças a um aumento gigantesco na resolução, com 48 megapixels (8000x6000) efetivos – o que de acordo com a própria empresa é a maior contagem de pixels da indústria. 

sonyjpg.png
Imagem: Sony

Os pixels utilizados no IMX 586 serão os menores do mercado, com 0,8-mícron, o que poderia resultar em fotos em baixa luz carregadas de ruídos. No entanto, de acordo com a Sony, o sensor utilizará uma cadeia de filtros de cores Bayer permitindo que cada pixel utilize os sinais emitidos por seus 4 vizinhos adjacentes, aumentando assim, supostamente, a sensibilidade a luz e sendo equivalente a uma imagem de 12 megapixels capturada com pixels de 1,6 mícron.

O novo sensor contará com 8mm diagonais, o que significa que as fabricantes não precisarão aumentar tanto o espaço para aloca-lo. Além disso, traz a promessa de entregar imagens de 48 megapixels realmente úteis, sem a necessidade de diminui-las por padrão, o que pode não ser de grande utilidade no dia a dia, mas que pode melhorar muito a qualidade dos zooms digitais.

Claro que o sensor, assim como a resolução que ele é capaz de capturar, não é o único responsável por uma boa qualidade de fotos e vídeos. O conjunto de lentes utilizadas, assim como o pós processamento de imagens efetuado por cada empresa influenciam diretamente na qualidade final da foto.

O IMX 586 deverá ser visto a partir do ano que vem nos principais smartphones, sendo que a Sony planeja começar a distribuir amostras a partir de setembro. O sensor custará para as fabricantes cerca de $27 dólares, o equivalente a R$ 102 reais.

Autor: Philipe Farias

Fonte: The Verge