“Tá pegando fogo bicho!” Samsung Galaxy S9 pega fogo e deixa marcas

Menos de dois anos depois da Samsung ter feito o maior recall de smartphones da história graças aos Galaxy Note 7 que pegava fogo, a empresa sul coreana volta aos holofotes por um motivo parecido: uma das unidades do Galaxy S9 pegou fogo e chegou a queimar o seu usuário.

O caso aconteceu na cidade de Odessa, no estado norte americano do Texas, e de acordo com Dave Warden, namorado da proprietária do aparelho, ele estava cozinhando quando o dispositivo começou a inchar e sair fumaça. Assustado, Warden tentou pegar o smartphone e jogar na pia, mas acabou se queimando e o aparelho caiu chão. 

344552.jpg
Imagem: ABC Action News

Com queimaduras de primeiro grau nas mãos e uma mancha de queimado no piso da cozinha, Warden disse a reportagem da ABC Action News que o smartphone queimou por tanto tempo que foi possível até mesmo pegar o seu próprio celular para filmar o ocorrido. Ainda de acordo com ele, o dispositivo era de segunda mão e apenas o carregador original da Samsung era utilizado para recarregar a sua bateria.

344555.jpg
Imagem: ABC Action News

De acordo com a Samsung, Warden cometeu o erro de ter comprado o smartphone de um revendedor não autorizado, uma vez que dessa forma a empresa não tem como se responsabilizar que todas as normas de segurança estão sendo seguidas. A vítima discordou da marca e afirmou:

“Você confia no produto em que você comprou e não no revendedor do qual você o comprou. Você está confiando no produto e, francamente, ele falhou”

De acordo com a Samsung, que emitiu um comunicado oficial, esse problema não foi visto em nenhuma outra unidade do smartphone, sendo um caso isolado. Ainda de acordo com a empresa, uma investigação sobre o caso será aberta, apesar do aparelho ter sido descartado, e Warden receberá o reembolso pelo valor do smartphone.

“A Samsung leva a segurança do cliente muito a sério e estamos por trás da qualidade dos milhões de dispositivos Galaxy em uso nos Estados Unidos. Não recebemos nenhum relato de incidentes semelhantes envolvendo um dispositivo Galaxy S9 e procuramos o sr. Warden para saber mais sobre as especificidades por trás dessa experiência e para resolver o problema. Estamos cientes de que este dispositivo foi adquirido através de um terceiro não autorizado e incentivamos os consumidores a sempre comprar produtos Samsung de um de nossos revendedores autorizados ou operadoras para garantir que o produto continua a atender aos altos padrões de segurança e qualidade da Samsung.”

Caso seu inglês esteja em dias e você queira conferir a matéria completa, assim como o vídeo feito por Warden, basta assistir a reportagem abaixo.


Autor: Philipe Farias