A cereja do bolo! Xiaomi revela a data de lançamento do Mi Max 3

O Mi Max 3, o aguardado novo phablet da Xiaomi, teve sua tela, parte do seu hardware e até mesmo os preços revelados através de vazamentos nos últimos 2 meses. Agora, cerca de dez dias depois do próprio CEO da empresa ter feito um post no seu perfil no Weibo mostrando a caixa do smartphone, a data de lançamento do Mi Max 3 é finalmente revelada! E ta perto, viu?

A Xiaomi publicou hoje (12) em seu perfil oficial no Weibo (rede social chinesa) uma imagem para divulgar o lançamento do novo dispositivo. A imagem traz uma mão segurando um cartão branco, que pode ser uma representação do tamanho do aparelho, e possui caracteres orientais e uma palavra, provavelmente no mesmo idioma.

Na parte inferior a frase “grande tela e bateria" pode ser vista em Chinês, além do dia e do horário em que o anúncio deve ser feito: 19 de julho as 19:30 do horário local (8:30 pelo horário de Brasília). Confira abaixo a imagem divulgada pela Xiaomi.

gsmarena-002.jpg
Imagem: Reprodução / GSM Arena

Como a própria frase na publicação da empresa diz, o novo dispositivo deve vir de fato com uma tela gigante e uma bateria igualmente grande. São esperados um display LCD de 6,9 polegadas com proporção 18:9 e uma bateria de 5.400 mAh. Apesar de ainda não termos muitas informações sobre o hardware do novo smartphone, ao que tudo indica ele contará com um Snapdragon 710 e diversas variantes com memória RAM e armazenamento interno diferentes.

Mesmo que o foco da linha Max nunca tenha sido as câmeras, graças ao que foi visto nos últimos lançamentos da Xiaomi, inclusive de aparelhos mais simples, é esperado que o novo smartphone apresente uma grande melhora em seu desempenho para fazer a captura de imagens e vídeos. O novo dispositivo deverá contar com um uma câmera dupla na traseira, sendo um sensor com 12 Megapixels e outro com 8 Megapixels, e uma câmera para selfies de 5 Megapixels.

Equipado com o Android Oreo 8.1 rodando sob a MIUI 9.5, o Mi Max 3 deverá chegar ao mercado chinês por CNY 1.699, o equivalente a R$ 970 reais sem impostos ou taxas. Caso esse preço de fato seja aplicado, o aparelho poderá ser uma excelente opção de custo/benefício, inclusive para aqueles que gostam de importar.

 

Autor: Philipe Farias

Fonte: GSM Arena