Será? Código encontrado no build do Windows 10 pode indicar que o Surface Phone está mais perto do que nunca

Desde um pouco antes da Microsoft ter deixado claro o fim do Windows Phone e do Windows 10 Mobile que há uma grande expectativa para que a empresa lance um novo smartphone. O aparelho, que seria o tão esperado Surface Phone, faria parte da linha de dispositivos Surface da Microsoft e seria a salvação da divisão de smartphones da companhia, se é que ela ainda existe.

Se você não conhece a linha Surface, não se sinta acanhado pois os produtos malmente chegam aqui no Brasil e quando chegam, chegam através de importadores não autorizados e por preços tão exorbitantes que fazem inveja até na Apple com seus notebooks de 15 mil reais. No entanto, saindo um pouco da realidade daqui e pousando nos Estados Unidos, por lá a linha de dispositivos é reconhecida por sua excelente qualidade e versatilidade, e compete muitas vezes diretamente com os iDevices da Maçã. 

surfacestudiogiphy.gif
Surface Studio – Imagem: Reprodução / Giphy


Talvez por conta dos dispositivos Surface terem essa fama de qualidade, versatilidade e inovação, que os fãs da marca acabam por esperar que o Surface Phone, se de fato ele vier a existir, venha ao mercado com uma proposta tão avassaladora a ponto de reinventar como vemos os smartphones hoje e dite uma tendência de mercado, assim como acontece atualmente com a Apple e seu iPhone.

Eu não sei até que ponto a Microsoft poderia ditar tendência em um mercado em que é vista como fracassada, mas a realidade é que empresa pode estar de fato construindo um smartphone diferente de tudo que temos hoje em dia e o novo dispositivo poderá trazer ventos melhores para a divisão mobile da empresa.

Surface Phone

O burburinho sobre a existência do aparelho voltou à tona essa semana quando um dos membros do Insiders, uma plataforma de testes da Microsoft, encontrou um trecho curioso no código do Windows 10, como você pode ver logo abaixo.

342957.jpg
Imagem: Reprodução / @h0x0d no Twitter


Eu entendo que linguagens de programação são como russo ou chinês para algumas pessoas, por isso, vou explicar resumidamente do que se trata o trecho encontrado. O código visto no build 17704 da Redstone 5 revela uma nova API que seria dedicada a identificar o status de uma dobradiça (HingeState) e adaptar o sistema de acordo com esse status. Os status possíveis da dobradiça seriam:

  • (Unknow) Desconhecido: desconhecido;
  • (Closed) Fechado: o dispositivo estaria fechado possivelmente com as duas telas para dentro;
  • (Concave) Côncavo: o dispositivo estaria aberto em uma posição menor do que 180 graus;
  • (Flat) Plano: totalmente aberto em um ângulo de 180 graus em uma disposição semelhante a um tablet;
  • (Convex) Convexo: aberto na posição de tenda, assim como visto em alguns notebooks que permitem uma abertura maior do que 180 graus;
  • (Full) Completo: dobrado completamente e disposto no formato de um smartphone, com a tela visível em ambos os lados.

Claro que não foi possível extrair todas essas informações somente do trecho de código acima, na verdade o que aconteceu aqui foi um cruzamento de informações baseado em rumores antigos sobre o novo dispositivo. E antes que você afirme que o código encontrado pode ser voltado para o Surface Book, o notebook da Microsoft que permite virar a tela completamente e até mesmo destaca-la, observe as classes escritas do meio do código para baixo. O trecho cita um dispositivo com duas telas e isso eu posso garantir que o notebook não tem.

De acordo com essa parte a interface do sistema se adaptaria para uma exibição em duas telas baseada no atual status da dobradiça, o que propõe a possibilidade de um dispositivo ainda não anunciado pela empresa e que levanta a esperança de termos em breve o Surface Phone, ou qualquer que seja o nome escolhido para um novo smartphone.

api-shows-that-microsoft-79.jpg
Imagem: Phone Arena


Em mais uma combinação de rumores, é cogitado que o novo aparelho traga consigo o Snapdragon 1000, um suposto processador da Qualcomm que competiria frente a frente com a linha Y e a linha U da Intel. Caso a combinação esteja certa, poderíamos ter um smartphone com até 16 GB de memória RAM e a possibilidade do Windows 10 rodando em sua forma completa, contemplando finalmente a proposta da Microsoft de ter um sistema operacional universal e trazendo a possibilidade de rodar aplicações UWP, o que deixaria a plataforma mobile da empresa mais atraente aos consumidores.

Os vazamentos mais recentes sugerem que veremos o tão aguardado dispositivo ainda esse ano, entre agosto e outubro. Será que a Microsoft voltará ao mercado de smartphones de forma definitiva e trará logo de cara um dispositivo para competir com o Galaxy X? A expectativa está bem alta, assim como a espera.

 

Autor: Philipe Farias