Empresário da Malásia morre após seu smartphone explodir no quarto onde dormia

Casos de acidentes graças a explosões de smartphones não são comuns, mas infelizmente acontecem e as suas vitimas costumam sofrer injurias que vão desde queimaduras leves até o óbito. Esse, infelizmente, foi o caso de Nazrin Hassan, CEO da Cradle Fund, que faleceu há alguns dias atrás após um dos seus smartphones ter explodido próximo a sua cabeça enquanto dormia.

De acordo com relatos, um dos smartphones explodiu enquanto os dois dispositivos carregavam e a explosão causou uma contusão na parte traseira da cabeça de Hassan, o que o impossibilitou de reagir.

Ainda graças a explosão, um incêndio foi iniciado e de acordo com o cunhado de Hassan o colchão chegou a pegou fogo, mas a perícia comprovou que nesse momento a vítima já havia falecido e apesar das várias queimaduras encontradas em seu corpo a causa da morte havia sido a grande inalação de fumaça.

nazrin-hassan-facebook-f-43.jpg
Nazrin Hassan, CEO da Cradle Fund – Imagem: The Malaysian Insight


De acordo com o The Malaysian Insight, o cunhado da vítima publicou em seu perfil em uma rede social que Hassan possuía dois smartphones, um da Blackberry e outro da Huawei, mas que ainda não sabia qual dos dois havia explodido e causado a fatalidade.

“Ele tinha dois smartphones, um Blackberry e um Huawei. Nós não sabemos qual explodiu. Quem imaginaria que um procedimento rotineiro inócuo seria a razão de três jovens crianças crescerem sem o seu pai ao lado”, disse o cunhado de Hassan em uma rede social.

Nazrin Hassan era CEO da Cradle Fund, empresa do Ministério das Finanças da Malásia que ajudava empreendedores e startups de tecnologia, ou seja, era uma pessoa com grande conhecimento na área. No entanto, nem essa e nem qualquer outra qualificação irá ajudar uma pessoa se o seu celular explodir enquanto estiver dormindo.

 

Com isso, mesmo que acontecimentos como esse sejam esporádicos, todo e qualquer aparelho eletrônico, independente da marca ou do preço, está suscetível a falhas e a melhor atitude a se tomar é a prevenção: evitar ter o seu smartphone por perto durante o carregamento, ainda mais se você estiver dormindo. Lembre-se que a sua segurança e a da sua família é o mais importante.


Autor: Philipe Farias