Xiaomi apresenta os novos Redmi 6 e 6A e traz preços competitivos

A Xiaomi havia divulgado recentemente que traria no dia 12 de junho (hoje) os sucessores do Redmi 5 e 5A, e como promessa é dívida, a empresa anunciou na data prometida os seus mais novos smartphones de entrada, o Redmi 6 e o Redmi 6A, aparelhos que vêm sendo citados há algum tempo em rumores e vazamentos.

Com a proposta de renovar e superar os Redmi 5 e 5A, lançados em dezembro do ano passado, os novos smartphones da Xiaomi chegam com a proposta de trazer recursos de aparelhos topo de linha para a linha de entrada da empresa, e isso, da melhor maneira possível: com um preço acessível.

Em um evento realizado na China a empresa mostrou ao mundo dois novos aparelhos, o Redmi 6 e o Redmi 6A, sucessores diretos dos conhecidos Redmi 5 e 5A, que apesar de pertencerem a uma mesma categoria, apresentam propostas um pouco diferentes. O Redmi 6 é um smartphone de baixo custo que traz mais recursos e que talvez por conta disso se encaixaria em uma categoria um pouco acima, e o 6A, que como você deve ter deduzido, não traz esses recursos e se estabelece como o verdadeiro smartphone de entrada da companhia.

Com revestimento em policarbonato, tela com vidro curvado de acabamento 2.5D de 5,45 polegadas com resolução HD+ de 1440X720 pixels e proporção 18:9, ambos os aparelhos chegam nas cores azul, dourado e cinza, e possuem um design idêntico, ou quase isso. Os smartphones se diferenciam externamente apenas por dois detalhes, o Redmi 6 traz um sensor biométrico e uma câmera principal dupla em sua traseira.

Redmi 6

y8mbzdahdvzkupubeyhhph-6-33.jpg
Novo Redmi 6 – Imagem: Xiaomi


Vamos começar falando sobre os componentes internos presentes no Redmi 6, porque é nesse aspecto que o jogo das similaridades começa a mudar. O aparelho traz um processador octa-core MediaTek Helio P22 com arquitetura de 64 bits, 12 nanômetros, rodando com frequência de 2,0 GHz e uma GPU PowerVR GE8320. A intenção é trazer mais rendimento com um consumo menor de energia, uma proposta muito bem-vinda para a bateria de 3000 mAh do aparelho.

Além disso o smartphone conta com duas variantes, uma com 3 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno (expansível via cartão microSD), e outra com 4GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno (também expansível).

Na parte da captura de imagens o Redmi 6 conta com uma câmera dupla com dois sensores, um principal de 12 Megapixels com abertura f/2.2 e um secundário com 5 Megapixels, além de um flash LED. A Xiaomi ainda ressaltou que o sensor principal é capaz de registrar imagens com pixels mais largos, de tamanho 1.25µm, o que resulta em uma maior qualidade para as imagens captadas com baixa luz. O smartphone conta com uma câmera frontal de 5 Megapixels.

b418a7a1ly1fs8dow30daj21-68.jpg
Fotografia tirada com a câmera do Redmi 6 – Imagem: Xiaomi


Vale ressaltar que ambas as câmeras traseira e frontal conseguem entregar fotos com efeito retrato, ou bokeh, que é quando apenas o protagonista da foto ganha destaque. A câmera traseira, por ter duas lentes, entrega o recuso de forma mais natural através da junção de hardware e software, já a frontal faz todo o serviço através do software inteligente da Xiaomi e entrega resultados tão bons quanto.

O aparelho também carrega a proposta de trazer o recurso de inteligência artificial vista em opções mais caras para a linha de entrada, e conta com o suporte para o assistente de voz da Xiaomi, o Xiao Ai, e com recursos de reconhecimento de objetos e ambientes através da câmera, além de ativação da tela quando o usuário pega o smartphone.

Especificações Técnicas

  • Tela IPS LCD de 5,45 polegadas com acabamento 2.5D e resolução HD+ (1440 x 720 pixels) com proporção 18:9
  • Processador octa-core MediaTek Helio P22 rodando a 2,0 Ghz
  • GPU PowerVR GE8320
  • 3 GB ou 4 GB de memória RAM
  • 32 GB ou 64 GB de armazenamento interna expansível até 128 GB via cartão microSD
  • Câmera principal dupla de 12 MP (f/2.2, 1.25 ?m) + 5 MP, 1080p@30fps
  • Câmera frontal de 5 MP, 1080p@30fps
  • Leitor facial e de impressões digitais
  • Dual nano-SIM
  •  Bluetooth 5.0
  • Dimensões de 147.5 x 71.5 x 8.3 mm e peso de 146 gramas
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Android Oreo 8.1 sob a interface MIUI 9 como sistema operacional

Redmi 6A

153641d5mz776uct7z1i51j-45.jpg
Novo Redmi 6A – Imagem: Xiaomi


No Redmi 6A, apesar da ausência de alguns recursos e do hardware um pouco mais fraco, a Xiaomi ainda promete entregar uma boa experiencia de uso, tendo otimizado a MIUI (a interface da empresa que roda sobre o Android) especialmente para o aparelho e diminuído em 30% o uso da memória por conta dos aplicativos do sistema.

O smartphone conta com um processador quad-core MediaTek Helio A22 com arquitetura de 64 bits, 12 nanômetros, rodando com frequência de 2,0 GHz e GPU Power VR GE. Em um embate direto e bem básico entre os processadores contidos nos dois aparelhos, o do 6A conta com 4 núcleos a menos, o que poderia dar uma boa diferença em rendimento, mas que pode ser compensado graças a otimização da interface feita pela Xiaomi.

O smartphone também conta com uma bateria de 3000 mAh.

Diferente do seu irmão mais potente, o Redmi 6A não traz variantes e conta apenas com uma versão de 2 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno, sendo essa última expansível até 128 GB através de um cartão microSD.

O aparelho conta apenas com uma câmera traseira de 13 Megapixels e uma câmera frontal de 5 Megapixels, e apesar da limitação em número de lentes, consegue oferecer fotos em modo retrato em ambas as câmeras através do recurso de modo retrato inteligente da Xiaomi.

Talvez pela falta de um leitor biométrico, a Xiaomi fez questão de destacar que o aparelho contará com um sistema de reconhecimento facial para efetuar o desbloqueio do smartphone, no entanto o sistema deverá ser bem simples e provavelmente não oferecerá uma precisão tão grande, principalmente em ambientes mal iluminados. O recurso também deve ser visto no Redmi 6.

Especificações Técnicas

  • Tela IPS LCD de 5,45 polegadas com acabamento 2.5D e resolução HD+ (1440 x 720 pixels) com proporção 18:9
  • Processador quad-core MediaTek Helio A22 rodando a 2,0 Ghz
  • GPU PowerVR GE
  • 2 GB de memória RAM
  • 16 GB de armazenamento interna expansível até 128 GB via cartão microSD
  • Câmera principal de 13 MP, 1080p@30fps
  • Câmera frontal de 5 MP, 1080p@30fps
  • Leitor facial
  • Dual nano-SIM
  • Bluetooth 4.2
  • Dimensões de 147.5 x 71.5 x 8.3 mm e peso de 145 gramas
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Android Oreo 8.1 sob a interface MIUI 9 como sistema operacional

Disponibilidade & Preços

152811ybfy51dxyb5bd45bj-71.jpg
Imagem: Xiaomi


Os aparelhos estarão disponíveis para o mercado chinês a partir da próxima sexta-feira (15 de junho) e ainda não há informações sobre a venda para outros países. Os preços praticados na China com a conversão direta, e sem impostos, para o Real você pode conferir logo abaixo.

  • Redmi 6 (3 GB + 32 GB) – CNY 799 – R$ 460
  • Redmi 6 (4 GB + 64 GB) – CNY 999 – R$ 580
  • Redmi 6A (2 GB + 16 GB) – CNY 599 – R$ 350


 Autor: Philipe Farias

Fonte: Tech Radar