Já pode lançar, Lenovo! Já sabemos tudo, ou quase tudo, sobre o novo Moto Z3 Play

A Motorola, que tem sua parte mobile como subsidiária da Lenovo, está jogando sério quando o assunto são os seus smartphones intermediários com acabamento premium. Pelo menos é o que “deixou” transparecer em um documento interno vazado pelo site XDA. Nele, foi revelado quase tudo, se não tudo, que podemos esperar para o novo Z3 Play. Algo já aguardado tendo em vista que o lançamento do Z3 e do Z3 Play se aproxima a cada dia que passa.

De acordo com o pessoal do XDA, as informações obtidas através do documento são verdadeiras. Mas sinceramente? Não seria de se espantar se a própria Lenovo tivesse vazado o documento propositalmente, afinal, vimos recentemente que o próprio vice-presidente da companhia as vezes gosta de liberar informações sobre produtos ainda não anunciados em suas redes sociais.

Hardware

moto-z3-play-detals-leak-43.png
Fotos do possível novo Moto Z3 Play vazadas há um tempo atrás


Mas vamos direto ao aparelho. Como praticamente todo aparelho lançado até agora em 2018, o novo Moto Z3 Play deve trazer bordas frontais mínimas envolvendo uma tela com proporção 18:9, nesse caso uma “Max Vision” FHD+ AMOLED de 6 polegadas, e uma câmera com duas lentes na traseira do aparelho, munida, nesse caso, de um sensor de 12 megapixels com uma baixa abertura, sendo capaz de capturar imagens com pouca luz.

Na parte frontal é esperada uma câmera de 8 megapixels.

Contando com um corpo inteiramente em alumínio e um painel frontal com o já conhecido acabamento 2.5D (aquele que deixa as bordas da tela levemente curvadas) em Gorilla Glass, o novo aparelho deve trazer algumas mudanças em relação as gerações anteriores. Isso, porque com o alongamento da tela, o sensor de impressões digitais teve que ser movido de lugar, e aí a Motorola encontrou um problema, pois, graças aos módulos acopláveis da companhia, os Moto Snaps, o sensor não poderia ser movido para traseira do aparelho. A solução então foi mover o sensor biométrico para a lateral do smartphone, assim como eram nos aparelhos da Sony. Além disso, caso você não ache a nova localização ideal, o novo aparelho deve contar com desbloqueio por reconhecimento facial em sua câmera frontal.

O fato de ter sido descrito no documento como um dos smartphones premium mais finos do mercado aparentemente não implicou em uma perda de recursos internos no novo aparelho, nem mesmo na bateria. Essa, será a já conhecida bateria de 3000 mAh, com suporte a carregamento rápido, presente nos seus irmãos mais velhos, e deverá vir acompanhada pelo processador Octa-Core Snapdragon 636 da Qualcomm, Adreno 509, 4 GB de RAM, e variantes de 32 GB e 64 GB de armazenamento interno (expansível através de um cartão microSD).

Software

O aparelho, que já deve vir com a versão Oreo 8.1 do Android, deve contar com a navegação por gestos já presente em outros smartphones da marca, porém, seguindo uma tendência do novo Android P, onde a barra padrão de 3 itens foi substituída por uma única barra.

Além disso, a empresa deve trazer uma nova versão do já conhecido Moto Display, recurso que permite visualizar e até mesmo interagir com suas notificações sem precisar efetuar o desbloqueio. Na nova versão, com o acréscimo do novo Moto Experiences, o usuário também terá atalhos na tela bloqueada de acordo com as aplicações que mais usa.

O smartphone deve marcar também o retorno do excelente Moto Voice, recurso que permitia ao usuário executar diversos comandos e controlar seus aplicativos mesmo com a tela desligada. O aparelho contará com 4 microfones dedicados a supressão de ruídos, dando muito mais precisão a funcionalidade.


downloadjpg.png
Imagem ilustrativa de como deverá ser o novo Moto Z3 Play

Novidades na câmera

A Lenovo também trará novas funcionalidades para suas câmeras, como o já citado desbloqueio com o reconhecimento facial. Além desse, deve trazer um modo retrato, aquele que deixa as fotos com o fundo embaçado, disponível tanto para a câmera frontal (através do software) como para a traseira.

No caso da câmera traseira dupla, as novidades não param no modo retrato. São esperados diversos recursos no novo aplicativo de câmera, como o Spot Color, que deixa o usuário escolher uma cor em específico para então deixar todo o resto preto e branco. O Cutout Mode, que permite ao usuário tirar uma foto e depois substituir apenas o fundo da foto por qualquer imagem. O modo de escaneamento de texto, que permitirá ao usuário transformar o texto de uma imagem em um texto exportável para um arquivo. E também um modo manual mais completo, onde será possível reajustar foco, balanço de branco, velocidade do obturador, ISO e exposição.

Atualizações

Além de tudo isso, o documento vazado ainda garante que o novo Moto Z3 Play receberá mais duas atualizações para versões mais novas do Android, no caso, a P, que já está em fase beta, e a Q.

Moto Snaps

Ao que tudo indica, a Motorola deve sustentar a sua palavra de compatibilidade por 3 gerações e manterá os módulos acopláveis antigos compatíveis com essa nova geração do aparelho. Mesmo a tela tendo crescido, o corpo do smartphone deve se manter com o mesmo tamanho das gerações anteriores.

Para o novo aparelho, o documentou revelou possíveis kits de venda, onde o Z3 Play irá acompanhado de um Moto Snap diferente, assim como já acontece atualmente na linha Z. Confira os 5 kits abaixo:

  • Moto Z "Power" Edition: smartphone com Moto Snap de bateria
  • Moto Z "Style" Edition: smartphone com capa traseira exclusiva
  • Moto Z "Gamepad" Edition: smartphone com Moto Snap de controle para jogos
  • Moto Z "Projection" Edition: smartphone com Moto Snap de projetor

Data de lançamento

A Lenovo não se pronunciou sobre o vazamento, mas o novo smartphone, assim como o seu irmão mais parrudo, o Z3, devem dar as caras em um anúncio realizado no segundo semestre do ano.

Autor: Philipe Farias

Fonte: XDA